O STF autorizou a Petrobras a ir fatiando as suas partes para entregar às petroleiras privadas e aos fundos estrangeiros.

Tudo a preço de xepa, aquela do final de feira.

Já entregaram a malha de 9 mil quilômetros de gasodutos para dois fundos estrangeiros através das subsidiárias NTS e TAG.

Valor - capa 13 set. 2019.

A do Sudeste (NTS) para os canadense e a o do Norte-Nordeste (TAG) para os franceses.
Agora vão entregar a rede de gasodutos offshore (submarino) a que escoa a colossal produção de gás do pré-sal.

O Rota 1, 2 e 3 que interligam os mega-campos da Bacia de Santos e Pré-sal e que se ligam às unidades de compressão (UPGN) em Caraguatatuba. Macaé e Itaboraí.

Tudo construído pela Petrobras e agora entregue de graça.

Renda de monopólio, porque não há outra rede para escoar todo esse gás natural.

A Petrobras pagou em 18 meses para os novos donos dos 9 mil km de dutos vendidos, mais do que aquilo que ainda nem recebeu pela venda, porque a tarifa é paga à vista e a venda foi feita à prazo para os novos e felizes donos dessas redes.

Isso não é desinvestimento. É entreguismo. É pior que vampiro porque além de sugar o sangue (gás) também controla as veias (gasodutos). Crime de Lesa-pátria!


Blog do Roberto Moraes

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem