Pesquisas Datafolha e Vox Populi constatam que o núcleo duro do bolsonarismo no país está ao redor de 10% e não dos 30% que se indicava até agora. Segundo Marcos Coimbra, diretor do Vox Populis, até o final do ano a aprovação ao governo Bolsonaro ficará restrita a este núcleo. Segundo Mauro Paulino e Alessandro Janoni, o perfil deste núcleo é composto por homens brancos, acima de 35 anos ou aposentados e de classe média

(Foto: Senado | Reuters)

247 - Pesquisas Datafolha e Vox Populi constatam que o núcleo duro do bolsonarismo no país está ao redor de 10% e não dos 30% que se indicava até agora. Segundo Marcos Coimbra, diretor do Vox Populis, até o final do ano a aprovação ao governo Bolsonaro ficará restrita a este núcleo e a desaprovação ao governo será de aproximadamente 50%. Segundo Mauro Paulino e Alessandro Janoni, o perfil deste núcleo é composto por homens brancos, acima de 35 anos ou aposentados e de classe média.

Marcos Coimbra anota que apenas 11% dizem “gostar muito” de Bolsonaro e que a adesão a suas políticas não está distante deste índice: considerando a soma de “ótimo” e “bom”, apenas 15% dos entrevistados aprovam as politicas do governo para a geração de empregos, 15% para o meio ambiente, 11% para a valorização do salário mínimo, 21% para a educação, 14% para a saúde, 14% para a projeção da imagem do Brasil no Exterior.

Segundo os dirigentes do Datafolha, o núcleo dos "entusiastas de Bolsonaro" é aquele que nele votou em 2019, classifica sua gestão como ótima ou boa e diz confiar muito nas suas declarações, corresponde. "São bolsonaristas 'heavy' (nomenclatura utilizada em pesquisas de opinião para enfatizar a intensidade de um fenômeno)", escrevem Paulino e Janoni. O grupo tem perfil de verdadeiro fanatismo: "É o único segmento onde a maioria diz que Bolsonaro se comporta como presidente da República em todas as situações e que seus filhos mais ajudam do que atrapalham o governo".

Assista à entrevista de Marcos Coimbra ao Giro das 11 da pós-TV 247 na qual ele analisa a corrosão do bolsonarismo:




Brasil 247

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem