O juiz Siro Darlan atendeu ao pedido da defesa de Anthony Garotinho e a esposa Rosinha Matheus e concedeu habeas corpus ao casal. Presos na terça-feira, foram liberados do presídio de Benfica sob a condição de não terem contato com nenhum dos outros arrolados no processo.

Garotinho e Rosinha já foram governadores do Rio de Janeiro. Estavam presos por acusação de terem feito contratos irregulares com a empreiteira Odebrecht para construção de casas populares na época em que ela foi prefeita de Campos, no interior do estado, com valores que chegam a 50 milhões de reais.


Os Divergentes

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem