Um dos articuladores do golpe de 2016, que permitiu a ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência e a consequente ida do ex-juiz Lava Jato para o Ministério da Justiça, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pediu nesta quarta-feira 4 a demissão de Sérgio Moro. Declaração foi dada em programa de entrevistas da Rede Globo apresentado pelo jornalista Pedro Bial, e em meio à série de humilhações políticas que Moro vinha sofrendo de Bolsonaro

Sérgio Moro agia como santo protetor de FHC (Foto: RENATO ARAUJO/ABr)

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Carodoso (PSDB-1995-2002) sugeriu que o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, peça demissão do cargo que ocupa junto ao Governo de Jair Bolsonaro (PSL), informa a Revista Fórum. A declaração foi dada em programa de entrevistas da Rede Globo, apresentado pelo jornalista Pedro Bial.

“Se eu estivesse lá, eu me demitiria. Foi um erro dele aceitar, qualquer ministério seria erro também. Um juiz não necessariamente está qualificado para a função política, ele não tem as características de um líder político”, afirmou FHC, engrossando o coro dos que veem incoerência entre a atuação de Moro na Lava Jato e sua nomeação para cargo político.


Brasil 247

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem