O jornal americano destacou mais uma vez a situação alarmante da floresta com a coluna "Uma devastação da Amazônia em todo o Brasil", publicada nesta segunda-feira (26) na primeira página de seu caderno internacional


(Reprodução)

Por Redação



A versão impressa do “The New York Times” desta segunda-feira (26) destacou mais uma vez a situação delicada que o Brasil enfrenta com relação à Amazônia. Ocupando o alto da primeira página do cardeno internacional do jornal, a coluna da repórter Vanessa Barbara, intitulada “Uma devastação da Amazônia em todo o Brasil”, destaca as impressões da jornalista ao entrar em contato pela primeira vez com a floresta, que a considera “um tesouro global”, mas que se encontra à mercê do presidente Jair Bolsonaro, “o menor, mais maçante e mais insignificante dos líderes”.

A repórter ainda mencionou a demissão no começo deste mês do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, como o “primeiro sinal” de que o ano não seria bom para a Amazônia. Vanessa Barbara também acrescenta que Bolsonaro solicitou a demissão do ex-diretor por não considerar os números de desmatamento fiéis à realidade, mas que “imagens de satélites realmente mostraram os números alarmantes de incêndios pela Amazônia”.

O jornal americano já havia ressaltado em outras reportagens que o desmatamento da Amazônia aumentou desde que Bolsonaro tomou posse e cortou subsídios para combater as atividades ilegais na floresta. “O presidente de extrema-direita acusou ONGs de colocar fogo na floresta depois que o governo cortou financiamentos, apesar de não apresentar nenhuma evidência”, afirma a reportagem.

Pelo mundo

A devastação na floresta também chamou a atenção de outros grandes jornais internacionais , que se empenharam nos últimos dias a contestar os pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em sua maioria, os jornais têm associado o aumento do desmatamento na floresta à gestão do presidente, aos interesses do agronegócio e à falta de investimentos do atual governo em políticas ambientais.

“Os ministros deixam claro que suas simpatias estão com os madeireiros, e não com os grupos indígenas que vivem na floresta”, diz o britânico The Guardian. Para o espanhol El País, o Brasil “arde em um ritmo recorde”. Enquanto isso, o também britânico Financial Times diz que o presidente facilitou o “boom do desmatamento”.



Revista Fórum

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem