O presidente da França, Emmanuel Macron¸ que já vem criticando o governo Bolsonaro em função do desmonte da política ambiental e dos incêndios na Amazônia, afirmou que o Brasil “merece um presidente que esteja à altura do cargo”. Ainda segundo ele, o comentário machista desferido por Jair Bolsonaro contra sua mulher, Briggite, 24 anos mais velha que ele, foi "triste" e "extremamente desrespeitoso". "As mulheres brasileiras sem dúvida têm um pouco de vergonha [de Jair Bolsonaro] ", completou


(Foto: Reuters)


247 - O presidente da França, Emmanuel Macron¸ que já vem criticando o governo Bolsonaro em função do desmonte da política ambiental e dos incêndios na Amazônia, afirmou nesta segunda-feira (26) que o Brasil “merece um presidente que esteja à altura do cargo”. Ainda segundo Macron, no âmbito da cúpula do G7 (clube dos países ricos), “é triste” ver ministros brasileiros insultarem líderes estrangeiro.

A declaração do presidente francês veio na esteira do comentário machista desferido por Jair Bolsonaro contra sua mulher, Briggite, 24 anos mais velha que ele. Sobre o assunto, Macron ressaltou que o comentário sobre Brigitte foi "triste" e "extremamente desrespeitoso". Ainda segundo ele, “as mulheres brasileiras sem dúvida têm um pouco de vergonha [de Jair Bolsonaro]. (Leia no Brasil 247)

O comentário sexista feito por Bolsonaro foi postado em uma foto colocada na internet em que comparava os dois casais – Macron e Briggite e Bolsonaro e Michele, 27 anos mais nova. “Agora entende por que Macron persegue Bolsonaro?”, escreveu o seguidor de Bolsonaro. “Não humilha cara. Kkkkkkk”, escreveu Bolsonaro.




Brasil 247

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem