17 capitais brasileiras e nove países se reúnem para manifestações em prol do "pulmão do mundo"


Devido às queimadas que atingiram a Amazônia nas últimas semanas, diversas organizações e entidades têm se reunido para realizar protestos em todo o Brasil – e em alguns países do exterior, também.

As manifestações devem ocorrer entre esta sexta-feira, 23, e domingo, 25. A UNE (União Nacional de Estudantes) divulgou uma cartilha chamando o povo para ir à rua em 17 capitais brasileiras e diversas outras cidades.

Crédito: reproduçãoProtestos pela Amazônia tomam conta do Brasil e do mundo

Em São Paulo, os protestos acontecem nesta sexta-feira, às 18h, em frente ao MASP. No Rio de Janeiro, o povo sai às ruas na sexta, às 17h, em frente à Cinelândia, e no domingo, às 15h, na praia de Ipanema.

As manifestações também estão previstas para acontecer em países como México, Espanha, Austrália, Alemanha, Uruguai, Itália, Guatemala, Peru e Equador.

Amazônia em chamas e sem grana


Devido à alta no desmatamento da Amazônia, Alemanha e Noruega anunciaram a suspensão do repasse de R$ 284 milhões para a preservação da nossa floresta. Em represália, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu com os ombros, e mostrou não ter tato para as relações diplomáticas.

Para comentar sobre essas últimas notícias ambientais, a Catraca Livre convidou a drag queen e professora Rita Von Hunty, do canal “Tempero Drag”. Assista:



Catraca Livre

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem