O jurista Lenio Streck, professor de Direito Constitucional, comentou por meio de sua página nas redes sociais sobre a nova reportagem da Vaza Jato que revela os encontros fortuitos entre Deltan Dallagnol, procurador da Lava Jato, e João Pedro Gebran, desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

“O argumento da adulteração de hacker já era derrotado pela lógica. O argumento da confirmação por parte das instâncias superiores não parece que vai sobreviver depois de hoje. O que restará?”, indaga o jurista.

Segundo ele, as novas revelações derrubam o argumento de que a condenação de Lula por Sergio Moro não estaria contaminada por também ter sido validada por outras instância.




Click Política

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem