Segundo Ministro da Comunicação do Estado Venezuelano, Jorge Rodríguez, o governo do país acaba de desmantelar um plano dos golpistas para libertar o General Raul Isaías Baduel, preso desde 2009, e proclamá-lo presidente.

“O primeiro tenente Carlos Lozada Saavedra, aliás Tío, recrutaram-no para realizar as atividades de assalto ao arsenal do batalhão Bolívar, do batalhão Ayala, a toamada da Base Militar Francisco de Mirando, em Carlota, capturar Baduel do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacionallo e lavá-lo para as instalações da televisão venezuelana para procamá-lo presidente”, informou o ministro sobre a operação golpista.

Ainda, Rodríguez denunciou os ataques terroristas.



Diário Causa Operária

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem