247 - Ministros do Supremo Tribunal Federal avaliam nos bastidores que apesar de ter dado o voto decisivo para manter Lula preso na sessão desta terça-feira (25) da Segunda Turma, o decano da corte, Celso de Mello, ainda pode acompanhar a ala garantista do STF e votar a favor da libertação do ex-presidente quando a discussão do mérito do Habeas Corpus for retomada.

A informação é da coluna Painel da Folha de S.Paulo. Segundo essas avaliações, o decano "deixou pistas de suas dúvidas sobre a atuação de Moro foi feita por ministros do Supremo e do STJ (Superior Tribunal de Justiça)".

O ministro Celso de Mello explicitou ressalvas em seu voto sobre a conduta ilegal de Sergio Moro. O decano frisou que a rejeição da soltura imediata de Lula não comprometia sua avaliação sobre a suspeita de parcialidade do ex-juiz. Tudo indica que permanece em curso uma intensa luta entre as duas alas em que se divide o STF. As revelações das conversas entre Moro e os procuradores da Lava Jato continuarão sendo feitas e isto pode criar um ambiente político incontornável a favor da soltura de Lula.







Brasil 247

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem