Quem está na chuva é para se queimar, não ministro?

Sergio Moro saiu pela tangente com a conversa de que o fato constitui uma exceção ínfima e que o governo vai continuar empenhado no combate ao crime.

Mais inocente, típico de alguém que não teve tempo de tirar o pijama para assinar o termo de posse, General Augusto Heleno, Ministro-chefe do GSI, que em última instância é o responsável pelo incidente, comentou candidamente sobre a falta de sorte do Brasil ao ser flagrado com 39 quilos de cocaína no avião da República justo a caminho de um encontro de líderes mundiais como o G-20.

Atrapalhado, Bolsonaro abandonou uma coletiva quando foi perguntado sobre o assunto.

No episódio envolvendo o militar brasileiro Manoel Silva Rodrigues, de 38 anos, preso nesta semana na Espanha, ninguém, no entanto, desceu tanto na baixeza como o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Teve a coragem de vir a público e fazer piada com um fato que joga na lata do lixo a claudicante credibilidade do Brasil em nível internacional e provavelmente sela irremediavelmente a imagem de Bolsonaro como um mandatário que se apresenta como ‘Tigrão’ para criminosos pé de chinelo e ‘Tchutchuca’ para milicianos de alto periculosidade, para usar uma expressão do deputado Zeca Dirceu quando traçou o perfil do ministro de Economia, Paulo Guedes, durante uma sessão na Câmara dos Deputados.

Pois não é que Abraham Weintraub relacionou a pacoteira de cocaína no avião da República aos ex-presidente Lula e Dilma?

“No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, escreveu no Twitter.



A cafajestada obviamente ganhou as redes sociais e o termo “ministro da educação” se tornou o mais comentado. Palavras “militares” e “39 kg” ficaram praticamente o dia inteiro na lista de assuntos do momento do Twitter.

Weintraub, desde que assumiu o ministério da Educação, está abusando dos despautérios, sempre em nome de um certo ódio da população às esquerdas e ao PT.

Como se ele e seus colegas de desgoverno fossem uma espécie de mal menor, ou mal necessário, para ocupar um espaço na esfera administrativa do país enquanto o comunismo não se reorganiza e o PT padece da perseguição a Lula e seus pares.

A UNE foi rápida em responder.

“Não é no corredor de uma Universidade. É no avião presidencial do Brasil. Balbúrdia é esse Governo”.

Alguém tem dúvida?




DCM

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem