Washington, 18 abr (Prensa Latina) Cientistas estadunidenses redescobriram uma espécie de carnívoro gigante que chegou a superar em tamanho um urso polar, com um peso dentre 280 e mil 500 quilogramas, publica hoje a revista Journal of Vertebrate Paleontology.

Os fósseis do animal, correspondentes à mandíbula, partes do crânio e do esqueleto, foram desenterrados no Quênia há décadas quando vários pesquisadores percorreram a região a procura de evidências de macacos antigos.

As espécies colocaram-se em um local do Museu Nacional de Nairobi, no Quênia, e não lhes prestou atenção até agora que pesquisadores da estadounidense Universidade de Ohio os redescobriram e reconheceram sua importância.

Batizado como Simbakubwa kutokaafrika, esta espécie provavelmente estava na corrente alimentar na África, no entanto, não tinha estreita relação com os felinos grandes ou qualquer outro carnívoro de mamíferos com vida na atualidade.

A criatura pertencia a um grupo extinto de mamíferos chamados hyaenodontos.

Segundo Nancy Stevens, líder da investigação, os hyaenodontos foram os primeiros carnívoros dos mamíferos na África.

Depois de milhões de anos de isolamento quase total, os movimentos tectônicos das placas da Terra ligaram a África com os continentes do norte, o qual permitiu o intercâmbio floral e da fauna entre as massas da terra.

Não sabemos exatamente que levou à extinção dos hyaenodontos, mas os ecossistemas mudavam rapidamente à medida que o clima global se fazia mais seco. Os parentes gigantescos de Simbakubwa estavam entre os últimos hyaenodontes do planeta, comenta Stevens.

No seu julgamento, esta descoberta ajuda a ligar alguns dos pontos evolutivos do grupo de grandes carnívoros que se encontravam na corrente alimentar dos mesmos ecossistemas africanos, onde também evoluíram os símios e os macacos.

Diário Causa Operária

1 Comentários

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

  1. Ahh entao os cientistas nao sabem os motivos q levaram a extincao desses mamíferos atribuindo as mudancas climaticas. Vou ajuda-los dando uma pista: a bondade do homem e sua incansável necessidade de matar especies indefesas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem