O ex-ministro Tarso Genro (PT) afirmou pelo Twitter que “os maiores divulgadores do marxismo no Brasil, atualmente, estão nos Estados Unidos e no ministério das Relações Exteriores”. O comentário veio em resposta à constatação que o atual governo também ajuda a divulgar as ideias do educador Paulo Freire.

O raciocínio tem lógica. A família Bolsonaro, seus ministro e aliados atacam tanto Karl Marx e Paulo Freire que as pessoas ficam curiosas para entender por quê.

O problema é que os ideais de igualdade, combate às injustiças e defesa da educação desses dois podem encantar e fazer muita gente virar “comunista”.

Confira:



Blog do Esmael

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem