Carlos com o pai, Bolsonaro, e Mourão (Montagem)


Coluna Painel, da jornalista Daniela Lima, na edição desta quinta-feira (25) da Folha de S.Paulo, informa que para líderes partidários, Jair Bolsonaro (PSL) estimula nos bastidores os ataques do filho, Carlos Bolsonaro (PSC/RJ), ao vice-presidente, general Hamilton Mourão.

Para os presidentes dos partidos, não existem dúvidas de que os ataques de Carlos são não só avalizados como estimulados por Jair Bolsonaro. Eles avaliam que o presidente embarcou em teoria conspiratória e dá, em privado, razão à ofensiva protagonizada pelo filho. O desfecho da nova crise produzida pelo governo, afirmam, é imprevisível.

Com a guerra protagonizada pelo filho de volta aos assuntos principais do governo, Bolsonaro voltou a ser chamado de “despreparado”, e a esse adjetivo somaram-se outros, como “inconsequente”, segundo a colunista.

“Perseguição infantil”

Nesta quarta-feira (24), Bolsonaro defendeu Carlos nas redes sociais, classificando como “perseguição infantil” de “certos veículos de informação” as informações sobre a guerra aberta contra Mourão, que teria feito inclusive com que o 02 se refugiasse em um clube de tiro e impedido o acesso do pai às próprias redes sociais.

Pela manhã desta quinta-feira (25), Carlos fez novo disparo contra Mourão, apontando “interesse crocodilal” do vice desde a época da transição.


Revista Fórum

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem