Um dos predadores marinhos mais formidáveis e agressivos do mundo também pode sentir medo de um outro animal marinho.


De acordo com uma recente investigação, levada a cabo por um grupo de especialistas do Aquário da Baía de Monterrey, nos EUA, e publicada no portal Nature Scientific Reports, são as orcas quem realmente apavoram os tubarões.

Durante o experimento, os investigadores americanos analisaram quatro encontros entre tubarões-brancos e orcas que aconteceram entre 2006 e 2013 na ilha de Southeast Farallon, a oeste da costa de São Francisco, EUA. Eles repararam que os tubarões abandonam a ilha cada vez que as orcas chegam lá e não regressam por um período de até um ano.

"Uma vez que as orcas aparecem, não vemos um único tubarão," comentou um dos pesquisadores, Scott Anderson.

Por sua parte, o encarregado do estudo, Salvador Jorgensen, disse que "os tubarões abandonam imediatamente o seu local de caça, mesmo quando as orcas apenas passam lá perto".

Os cientistas sublinham que a descoberta pode contribuir para melhor compreender as interações entre os predadores marinhos no oceano, que ainda não foram bem estudadas. Todavia, os investigadores salientam que ainda não se sabe se as orcas caçam tubarões ou se se trata de uma luta pelos elefantes-marinhos.

"Penso que isto demonstra que as cadeias alimentares nem sempre são lineares", explicou Jorgensen, sublinhando que "as chamadas interações laterais entre os predadores de nível superior são bem estudadas em terra, mas são mais difíceis de documentar no oceano."




Sputnik Brasil

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem