por Rogério Tomaz, via whatsaap


A deputada Natália Bonavides (PT-RN) gravou uma paródia do clássico Evidências (Zezé di Camargo e Luciano) para explicar a proposta de “reforma” da previdência de Bolsonaro numa linguagem simples e direta, com bom humor, mas sem deixar de lado a crítica à proposta defendida por Paulo Guedes.

Natália e equipe são os autores.



E SE BOLSONARO FOSSE SINCERO?

Quando eu digo “privilégios vou cortar”
É porque te engano
Quando eu digo que vai ser bom pra você
Enriquecer banqueiro eu quero

Eu tenho medo é que a população
Descubra o que quer dizer capitalização
Mas não posso imaginar o que vai ser de mim
Se a votação eu perder no dia

O salário que eu tiro de você
Para o banco entrego
Faço tipo, eu espalho fake news
E depois eu nego
Mas na verdade vou baixar o BPC
Pois não me importa ver o povo empobrecer
Eu preciso tuitar que ta ok trabalhar até o fim da vida

E nessa reforma do banqueiro Paulo Guedes
Vou lascando a assistência
Destruindo a previdência
E também vou excluindo
Seus direitos lá da Constituição
Eu sei que te engano

São várias mentiras
Pra esconder o meu desejo
O que eu quero é tirar tudo
Que você tiver direito
Eu entrego a minha senha
Do Twitter pro Carluxo tuitar
E os bancos vão agradecer a mim

Eis a verdade
É mais que maldade
Me perdoe se você votou em mim

Eis a verdade
Pura sacanagem
Não importa se pro povo é ruim



Viomundo

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem