Cerca de um milhão de estudantes na Índia participaram de exames entre fevereiro e março, e cerca de 350.000 falharam, levando os pais, grupos de estudantes e partidos políticos a protestar, informou o jornal Khaleej Times.


Vinte estudantes cometeram suicídio na Índia desde que o Conselho de Educação Intermediária (BIE) anunciou na semana passada as pontuações do exame, de acordo com o Khaleej Times.

O jornal afirmou que o anúncio foi marcado por reações polêmicas, pois houve alegadas discrepâncias nos resultados e uma série de suicídios foi desencadeada entre os alunos.

Segundo a imprensa local, os pais atribuem a culpa pelos suicídios à empresa Globarena Technologies Private Ltda, que desenvolveu o software usado para processar os resultados de admissões, pré-exames e pós-exames.

Em 25 de abril, o ministro-chefe de Telangana, K. Chandrashekhar Rao pediu uma recontagem e uma nova verificação dos gabaritos de todos os estudantes que falharam nos testes, relatou Khaleej Times.

O ministro também expressou preocupação com a situação e pediu aos alunos que não cometam suicídio, ressaltando que um desempenho ruim em um exame intermediário não significa o fim da vida.


Sputnik Brasil

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem