Reprodução/Facebook

Dezenas de manifestantes realizaram, no início da noite desta sexta-feira (24), um “lulaço” em frente ao apartamento da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, em Belo Horizonte (MG). O intuito do protesto foi fazer pressão para que a ministra paute o julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que questiona a legalidade das prisões em segunda instância. Já há consenso no STF sobre o tema e o julgamento poderia dar a liberdade ao ex-presidente Lula e garantir seu direito de concorrer na eleição.



A reivindicação é o principal motivo da greve de fome de sete ativistas, iniciada há 25 dias. Com o intuito de apoiar os grevistas, foi organizada uma vigília na capital mineira que, por sua vez, concretizou o ato de hoje.

“Responsabilizamos o judiciário brasileiro pela atitude extrema que estamos tomando. Caso algum companheiro venha a morrer, consideraremos um assassinato”, disse um dos militantes no ato em frente ao apartamento da ministra.




Assista.



Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem