LULA ENVIA CARTA AOS COMPANHEIROS EM GREVE DE FOMA HÁ 25 DIAS



Na última quarta-feira o ex-presidente e candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva redigiu de próprio punho uma carta aos companheiros que estão há 25 dias em greve de fome, diariamente em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF). Lula agradece aos grevistas e afirma não ter “palavras para agradecer o gesto e a atitude de vocês em defesa da Democracia, da liberdade, da expressão em defesa dos direitos do povo trabalhador do campo e da cidade, e também pelo direito de eu ser candidato à Presidência da República.”


O ex-presidente continua a carta afirmando não ser um candidato para fins pessoais mas, de uma causa. Leia a carta abaixo, na íntegra.

LEIA A CARTA



Caros Companheiros e Companheiras

Jaime Amorim, Zonália Santos, Rafaela Alves, Frei Sérgio, Luiz Gonzaga, Vilmar Pacifico e Leonardo Soares.

Não tenho palavras para agradecer o gesto e a atitude de vocês em defesa da Democracia, da liberdade, da expressão em defesa dos direitos do povo trabalhador do campo e da cidade, e também pelo direito de eu ser candidato à Presidência da República.

Não sou candidato de mim mesmo, sou candidato de uma causa, sou candidato porque o povo quer, sou candidato para garantir a Soberania Nacional, para terminar de fazer a Reforma Agrária e dar aos pequenos agricultores da Agricultura Familiar os direitos e o respeito que eles merecem.


Vamos juntos derrotar os candidatos das elites e da Globo, porque vocês fizeram com que, pela primeira vez, o povo brasileiro fosse no Supremo Tribunal Eleitoral inscrever um candidato.

Minha total solidariedade, cuidem-se porque o Brasil precisa do gesto e do voto de vocês!

A luta continua, venceremos.

Foto: Adilvane Spezia


A Postagem

Postar um comentário

1 Comentários

  1. São guerreiros como Lula e muitos outros, vamos todos juntos Lula Presidente!

    ResponderExcluir

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;