Foto Divulgação/PT

Com registro ou sem registro, o programa eleitoral do PT na televisão deve exibir vídeo que já está nas redes com cenas de brasileiros pedindo a volta de Lula e imagems da caminhada de cerca de dez mil pessoas que desceram o Eixão rumo ao TSE no dia em que foram registrar sua candidatura. À frente dessa turma, o apresentador é Fernando Haddad, que na versão A, que iria ao ar sem a decisão do TSE, festeja o registro da candidatura e se apresenta como vice na chapa de Lula.

Na hipótese improvável de o registro ser cassado antes do dia 1, quando começa a propaganda eleitoral para presidente, umas poucas modificações na edição do filme preservariam, na versão B, as imagens, a caminhada de Haddad e, sobretudo, seu convite para que o eleitor o acompanhe nessa “caminhada pelo Brasil”. Em seguida, vem Lula, em imagem livre, leve e solto, falando de recuperar o que os brasileiros perderam e em botar a economia para funcionar.

Como se vê, o início da propaganda na TV, visto como a última chance de candidatos como o tucano Geraldo Alckmin crescerem, também será o principal instrumento para mostrar que Haddad é o ungido de Lula – inclusive antes de uma decisão do TSE.

Os Divergentes

Faça um comentário

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Postagem Anterior Próxima Postagem