Globo censura Lula, mas não consegue censurar milhões de Lulas pelo Brasil #SejaLula




A Rede Globo continua a atingir novos níveis de perseguição e censura ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Jornal Nacional da última segunda-feira (20/08) anunciou que não noticiará as atividades de campanha de Lula, alegando como justificativa o fato de Lula estar preso. A Globo quer esconder Lula, porque tem medo que Lula e o povo voltem ao poder. Não adiantará: os milhões de Lulas pelo Brasil são suas pernas e sua voz.

Tanto é verdade que o mesmo jornal teve de anunciar, ainda que contrariadamente, a pesquisa Ibope que mostra Lula como líder isolado, com 37% do total das intenções de voto, mais que o dobro do segundo colocado. A Globo tentou esconder a determinação da ONU que garante a Lula seu direito de ser candidato, inclusive fazer campanha, participar de debates e dar entrevistas. A imprensa internacional, no entanto, noticiou amplamente o fato.

Não há como calar Lula. Ele está nas mentes e nos corações do povo brasileiro, nas conversas de bar, nas lembranças de sonhos concretizados e na esperança de futuro. Se Lula está injustamente preso e, segundo a Globo, não pode fazer campanha, vamos então cada um de nós fazer campanha por ele.

Seja Lula! Vamos mostrar que o Brasil que queremos é com democracia, inclusão social e Lula presidente. Dia 1º de janeiro de 2019, a Globo terá de mostrar a festa popular na posse de Lula em seu terceiro mandato, repetindo o histórico primeiro de janeiro de 2003.


Lula

Postar um comentário

1 Comentários

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;