IBGE: GOLPE DESMONTA INDÚSTRIA NACIONAL, FECHANDO 2.085 INDÚSTRIAS E 400 MIL POSTOS DE TRABALHO, EM APENAS 1 ANO.






A aferição do IBGE, referente ao período de 2016, o ano do golpe parlamentar, com dados consolidados pela Pesquisa Industrial Anual, mostram o verdadeiro desastre econômico construído para montar o discurso do ódio contra o governo eleito de Dilma Rousseff.



Em apenas um ano, entre as datas de 31 de dezembro de 2015 e 31 de dezembro de 2016, foram 2.085 indústrias fechadas, com 400.836 postos de trabalho encerrados.

As áreas mais fortemente atingidas são a da mineralogia (-23,2%) e a da fabricação de equipamentos de transporte (-18,7%). Uma obra prima do ultra-neoliberalismo do consorcio Globo/Temer.


Já o desmonte dos postos de trabalho atingiu 26 dos 29 setores pesquisados, sendo que as demais foram atingidas mas, mantiveram o mesmo nível de emprego.

Já as unidades de indústria somaram o fechamento de 321.186 e o encerramento total de mais de 7 milhões de empregos diretos e indiretos.



O resultado desastroso do golpe iniciou uma tímida recuperação, ainda sem dados consolidados, em 2017 e, agora, já afunda novamente, desde o início deste ano (2018).

Outro ponto importante para a propagação do desastre econômico, ainda pelo ano de 2018, foi o caos político e econômico promovidos pela trinca Temer, Meirelles e Pedro Parente, com a crise dos combustíveis e a greve dos caminhoneiros.

Se depender de manobras institucionais “com Supremo, com tudo”, a tragédia continua dentro da suruba do Jucá.


A Postagem