PT denuncia "atitude antidemocrática" e quer Lula representado nas sabatinas da Folha, Uol e SBT




Folha, Uol e SBT excluem Lula de sabatinas e PT exige espaço
do site do PT



Em atitude antidemocrática, veículos excluíram o PT e Lula, cerceando o direito do partido apresentar as propostas de Lula para o Brasil

Em mais uma atitude antidemocrática, parte da imprensa excluiu o candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, das sabatinas eleitorais.

A Folha de S. Paulo, o Uol e o SBT cercearam o Partido dos Trabalhadores de apresentar suas propostas, negando o bom jornalismo e a possibilidade da legenda apresentar suas propostas ao Brasil.

Por isso, o PT encaminhou uma representação às direções desses veículos reivindicando que um representante de Lula participe das sabatinas, uma vez que Lula, mesmo injustamente preso, não está inelegível.

“Nenhum outro candidato desperta tanto interesse quanto Lula, que continua liderando as pesquisas mesmo depois da prisão arbitrária. Lula mantém seus direitos políticos de votar e ser votado. É o candidato do PT e sua candidatura será registrada no dia 15 de agosto no TSE, conforme a lei. Somente depois desses prazos a Justiça poderá analisar sua elegibilidade, cabendo recursos”, traz a carta assinada assinada pela presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e pelo Secretário Nacional de Comunicação, Carlos Árabe.

Essa atitude por parte da grande imprensa mostra o temor que parte da sociedade vinculada aos interesses golpistas tem de ver Lula mais uma vez Presidente da República.

Como tem sido denunciado, a prisão política do petista vem com o intuito de inviabilizar sua candidatura, uma vez que ele é o candidato preferido da maioria dos brasileiros, encabeçando todas as pesquisas realizadas.


Viomundo