Janot ironiza comparação de Temer com Tiradentes: ‘Credo! Aí é demais’ | Poder360


Presidente fez pronunciamento na TV


Rodrigo Janot é subprocurador atualmente

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot ironizou na tarde deste sábado (21.abr.2018) a alusão feita pelo presidente Michel Temer (MDB) ao líder inconfidente Tiradentes.

“Que nesse 21 de abril, lembremos que Tiradentes foi acusado e condenado por lutar e defender um Brasil livre, forte e independente. Ao final, a história lhe deu a vitória maior. Seu exemplo de luta é exemplo para todos nós que trabalhamos para trazer mais conquistas ao Brasil”, disse Temer em pronunciamento na noite desta 6ª feira (20.abr).

Em vídeo de 5 minutos, Temer apontou aquilo que tem sido praxe em seus discursos: redução da inflação, da taxa de juros, crescimento do emprego e do PIB brasileiro.

“Que nesse 21 de abril, lembremos que Tiradentes foi acusado e condenado por lutar e defender 1 Brasil livre, forte e independente”, disse Temer.
“Credo, aí é demais!”, escreveu Janot no Twitter.

Quando estava à frente do MPF (Ministério Público Federal), Janot foi responsável por duas denúncias contra o presidente. As acusações de corrupção passiva foram suspensas pela Câmara dos Deputados.

Presidente impopular

Em levantamento divulgado neste sábado, o DataPoder360 aponta que o presidente Michel Temer segue rejeitado por 73% dos brasileiros. O emedebista tem apenas 8% de aprovação.


Poder360