No dia 14 de fevereiro de 1965, em Nova York, foi realizado um atentado contra Al Hajj Malik Al-Habazz, mais conhecido como Malcolm Little ou Malcolm X, líder revolucionário que defendia a igualdade dos negros. Ele era filho de um pastor protestante e era casado com uma mulher mulata. Nascido no dia 19 de maio de 1925, em Omaha, em Nebrasca, nos EUA, Malcolm X sofreu durante a infância com as constantes mudanças de cidade, fugindo das agressões de grupos racistas, que culminaram no assassinato do seu pai em 1931. No dia 14 de fevereiro de 1965, sua casa foi atacada, Malcolm e sua família sobreviveram, mas ninguém foi incriminado pelo atentado. Uma semana depois, no dia 21, Malcolm havia terminado um discurso na sala Audubon, em Manhattan, quando deu início um tumulto. Um homem gritou: "Tire as mãos do meu bolso". Os guarda-costas de Malcolm foram ver o que estava acontecendo e, enquanto isso, um outro homem disparou contra o peito de Malcolm. Neste momento, morria o líder revolucionário de apenas 39 anos. Norman Butler, Thomas Johnson e Talmage Hayer foram condenados à prisão perpétua pelo assassinato. Em 1992, o diretor Spike Lee produziu um documentário sobre o líder revolucionário chamado Malcolm X.

Imagem: Ed Ford, fotógrado de World Telegram [Domínio público], via Wikimedia Commons

     

HISTORY
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

Minha lista de blogs