O flagra é do fotógrafo Lula Marques. Ao longo da votação da denúncia contra Temer nesta quarta-feira (2), na Câmara, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) ficou importunando para mulheres lhe mandassem fotos da “bunda”, em uma conversa nada republicana. “Vá tirar onda com outra. Não tenho estômago para isso”, respondeu uma das garotas. Confira as imagens



O discurso é pela família, contra a corrupção, a ética e a moralidade. Mas a prática é outra. Ao longo da sessão que enterrou a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, na Câmara, o deputado Wladimir Costa, aquele que tatuou o nome do presidente no ombro, ficou teclando no Whatsapp em conversas nada republicanas enquanto os outros parlamentares tratavam de um assunto bem mais sério.

O flagrante é do fotógrafo Lula Marques. Nas imagens do celular do deputado, é possível ver ele pedindo fotos da “bunda” de uma garota e fica claro que o parlamentar está a importunando quando ela responde: “Vá tirar onda com outra. Não tenho estômago para isso”. Também é possível identificar que o deputado fala com mais de uma mulher, em conversas do mesmo teor, ao longo da votação.

Confira a sequência.

Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;