A programação do encontro de líderes mundiais distribuído à imprensa não inclui o nome do peemedebista, que na edição do ano passado estava tão isolado que parecia ter entrado na festa errada. Relembre




Como se não bastasse ter um dos maiores índices de rejeição de um presidente na história do país, Michel Temer é ainda esquecido internacionalmente. O peemedebista viajou nesta quinta-feira (6) para Hamburgo, na Alemanha, onde acontece o encontro da cúpula do G20, as vinte maiores economias globais, sem ser citado sequer na programação do encontro.

No programa impresso distribuído à imprensa e também no aplicativo do encontro, até a manhã de hoje, o nome de Temer não estava incluso. Apenas o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, aparecia como representante do Brasil. Essa é a primeira vez na história que um presidente que confirmou presença no encontro é esquecido.

O governo brasileiro justificou a ausência do nome de Temer no programa pelo fato de o peemedebista ter desistido de ir ao evento, há pouco tempo, para se dedicar a articulação da aprovação das reformas no Congresso. Desde segunda-feira (3), no entanto, que o Planalto voltou atrás e confirmou sua ida. Ou seja, a organização do evento teve três dias para atualizar a programação, mas só o fez depois que a notícia já estava espalhada.

Um novo programa foi, há pouco tempo, distribuído e este, sim, consta o nome do presidente brasileiro, o primeiro denunciado por corrupção em pleno exercício do mandato.

A pequenez de Temer no G20 não vem de hoje. No ano passado, viralizou nas redes sociais uma foto muito simbólica em que o presidente aparece completamente deslocado e perdido na foto oficial dos líderes mundiais.

Foto: Reprodução 



Portal Fórum
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;