Golpista! Traidor!



Não deixaram o Traíra dar autógrafos. Ele se chateou... (Reprodução: O Tempo/YouTube)


O escracho ao Reitor Traírа na terça-feira 18/VII não ficou apenas na UFMG, segundo O Tempo:

Cristovam Buarque é hostilizado e, escoltado pela PM, manda beijinho
Depois de cancelar o lançamento de seu livro na UFMG alegando falta de segurança, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) foi novamente hostilizado em Belo Horizonte. Manifestantes aguardavam o político na entrada do Teatro da Cidade, no centro da capital mineira.

Ao chegar no local, escoltado por policiais militares, o senador mandou beijinhos para os manifestantes que o chamavam de golpista. Pelo menos por duas vezes, os manifestantes e os correligionários do senador trocaram ofensas e empurrões.

A relação entre o senador e movimentos sociais e partidos de esquerda ficou abalada em 2016, quando Cristovam, ex-ministro da educação do governo Lula (PT), votou de forma favorável ao impeachment de Dilma Rousseff (PT). Recentemente ele também tem votado pela aprovação das reformas do governo Michel Temer.

Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: