Impressionante.

Com vídeo e tudo, ficou pelos cantos do jornal a delação do executivo Ricardo Saud, da JBS, narrando, de viva voz, como intermediou com o ex-assessor do Planalto, Rodrigo Rocha Loures, a entrega semanal de uma mala com R$ 500 mil destinada a Michel Temer.

-Isto é uma aposentadoria para o Michel, diz o empresário.

Esteja ou não dizendo a verdade o fato é que há a entrega de ao menos uma delas, filmada, documentada e, depois, sumida e devolvida, ainda que com R$ 35 mil a menos.

Se fosse um ex-assessor de Lula e o dinheiro se destinasse a ele, a esta hora, estariam todos nas manchetes dos jornais e, provavelmente, numa cela em Curitiba, onde cavucam pedalinhos para leva-lo.

Quando a gente se depara com isso, dá vontade de rir da “briga” entre a Folha e a Globo, pelas acusações de proteção (ou ataque) ao presidente.

Desculpem o palpite de um velho jornalista: quem quisesse tombar a jato Michel Temer teria ali munição mais que suficiente.

O fato é que os jornais são cúmplices de uma articulação que só o sepultará quando já tiverem viabilizado seu delfim.

Eles já t~em o rei morto, mas não conseguiram achar o rei posto.

Repito o vídeo, para quem não viu.



TIJOLAÇO



Gostou do Blog? Divulgue. Curta. Compartilhe. Colabore. Aproveite os preços baixos dos livros. AQUI Últimos livros Anunciados e AQUI Tabela de Preços Promocionais
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: