Os sites de notícias, agora à tarde, apelam para “fontes da Polícia Federal ” que lhes zumbem, como moscardos, que possuem “provas sob sigilo” muito menos frágeis do que aquilo que apresentaram na sexta-feira e que já provocou a suspensão de todos os embarques de carne brasileira para o exterior, praticamente.

“Os investigadores afirmam que ainda há muito material sob sigilo, e que a operação deve ter desdobramentos mais adiante.”, dizem, anônimos, na Folha.

O paradeiro do Ministro da Justiça, em tese o grande chefe – não confundir com o “grande chefe” com que Osmar Serraglio chamava o fiscal corrupto do Paraná já completou 96 horas sem tugir nem mugir.

Ou desapareceu ou a imprensa está desinteressada de lhe perguntar qualquer coisa, como, por exemplo, se de fato foi fazer lobby para que o fiscal Daniel Gonçalves Filho não perdesse o cargo, como confirmou a ex-ministra Kátia Abreu, pelo Twitter.

A única notícia que se tem dele é que, às 18 horas, vai se encontrar com Eliseu Padilha, outro que está enlameado até o pescoço, talvez para ganhar seu bilhete azul.

Não há qualquer controle sobre o que se passa com a meganhagem e um setor importantíssimo da economia brasileira está colocado sob risco.

O que menos importa, neste caso, é cuidar da segurança dos alimentos e da eliminação de pontos de corrupção num sistema de inspeção sanitária que tem nada menos que 65 anos e que veio colocando ordem na bagunça sanitária que sempre foi o comércio de carnes.


TIJOLAÇO



Gostou do Blog? Divulgue. Curta. Compartilhe. Colabore. Aproveite os preços baixos dos livros. AQUI Últimos livros Anunciados e AQUI Tabela de Preços Promocionais
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis cliente. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;