Em divulgação nas redes sociais, PMDB faz terrorismo midiático para defender o desmonte da Previdência. Petistas reagem à postagem e condenação é geral


Reprodução/Facebook // PMDB faz terrorismo midiático para defender desmonte da Previdência



O vice-presidente e secretário de Comunicação do Partido dos Trabalhadores, Alberto Cantalice, criticou, nesta sexta-feira (3), a prática de terrorismo midiático por parte do PMDB.

O partido do presidente golpista Michel Temerdivulgou, ainda nesta sexta, uma imagem em que tenta assombrar a população para justificar o desmonte da Previdência. (veja abaixo).


“Os usurpadores perderam completamente o senso do ridículo. Na falta de qualquer justificativa plausível para impor a exdrúxula “reforma” da Previdência, resolveram pela via da marquetagem assombrar a população”, critica Cantalice.

“Fica cada dia mais claro a ausência de alternativas por parte desse governo ilegítimo. Vendo sua equipe de desgoverno cair como um castelo de cartas, os usurpadores se apegam ao terrorismo midiático para tentar sobreviver”, completa.

A postagem foi condenada veementemente por internautas, logo após a publicação.


O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) chamou de “picaretagem” a postagem do PMDB.

Da Redação da Agência PT de Notícias
Partido dos Trabalhadores
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis cliente. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;