O Globo

Manchete : Fachin poderá ir para turma que julga Lava-Jato
Sorteio do relator que substituirá Teori no STF deve ocorrer hoje

Escolhido terá de decidir sobre abertura de inquéritos com base nas delações da Odebrecht

Duas semanas após a morte do ministro Teori Zavascki, o STF escolhe hoje o novo relator da Lava-Jato, que deve ser sorteado entre os integrantes da Segunda Turma. O ministro Edson Fachin se declarou à disposição para ser transferido para o grupo em substituição a Teori. Se isso ocorrer, Fachin será o quinto integrante da turma — formada hoje por Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli — e participará do sorteio do relator, a quem caberá abrir novos inquéritos contra políticos. (Pág. 3)
Eike tem multas que superam fundo para prisões
O Ministério Público cobra de Eike Batista, preso desde anteontem em Bangu, mais de R$ 1 bilhão em multas por ter se beneficiado de informações privilegiadas para favorecer suas empresas. O valor supera o orçamento do Fundo Penitenciário Nacional para este ano. (Págs. 4 e 5)
Operador pagou decoração de luxo de imóveis de Cabral (Pág. 6)

Drama do desemprego está longe de diminuir
A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% no fim de 2019. (Pág. 17)

MÍRIAM LEITÃO - Governo ainda não diz como enfrentar o problema (Pág. 18)
BC prevê queda da inflação a 3%
A afirmação do presidente do BC, Ilan Goldfajn, de que o Brasil poderá ter, a longo prazo, meta de inflação de 3% foi vista por analistas como estratégia para dar credibilidade à política de juros. Mas, para economistas, isso só será possível quando as reformas forem aprovadas e o país voltar a crescer. (Pág. 21)
Crivella negocia Vila dos Atletas
O prefeito Marcelo Crivella negocia com a Caixa a venda para servidores de 3.604 apartamentos ocupados por atletas durante os Jogos, revela GABRIELA VALENTE. (Pág. 11)
Colunas
MERVAL PEREIRA - O algoritmo e o destino da Lava-Jato no Supremo (Pág. 4)

ANCELMO GOIS - A careca de Eike: cortar cabelo de presos vai parar na OEA (Pág. 10)

ZUENIR VENTURA - Eike tem mais a oferecer que Cabral em delação (Pág. 16)

ROBERTO DAMATTA - Sem diploma, empresário não é um nobre de verdade (Pág. 15)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : Financiamentos do BNDES têm maior queda em 22 anos
Foram emprestados a empresas brasileiras em 2016 R$ 88,3 bilhões, 35% menos que no ano anterior

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fechou 2016 com o menor volume de desembolsos desde 2007. Os financiamentos a empresas brasileiras somaram R$ 88,3 bilhões, uma queda de 35% em relação a 2015. É o maior tombo da série histórica do banco, iniciada em 1995. Dois fatores explicam a queda: o primeiro é que, com a recessão, as empresas suspenderam novos investimentos e deixaram de tomar empréstimos. Em segundo lugar, o BNDES ficou menor – além de não receber recursos do Tesouro, como parte do ajuste fiscal em curso no País, teve de devolver R$ 100 bilhões à União. “Estamos falando de uma instituição que apoia o crédito. O BNDES não é uma ilha e faz parte de um contexto de dois, três anos muito ruins (da economia)”, explica o superintendente de Planejamento e Pesquisa do banco, Fabio Giambiagi. (Economia B4)

Desemprego atinge 12%

O Brasil encerrou 2016 com taxa de desemprego de 12%, o nível mais alto registrado pela Pnad Contínua, do IBGE. Total de desempregados atingiu 12,342 milhões. Situação deve se agravar nos próximos meses. (B1)
Sorteio na 2ª Turma do STF definirá relator da Lava Jato
O novo relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) será conhecido hoje, após sorteio entre ministros da Segunda Turma, formada por Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Gilmar Mendes. O colegiado poderá ter também Edson Fachin, que ontem se pôs à disposição para ir da Primeira para a Segunda Turma. O ministro Teori Zavascki será homenageado na abertura do ano do Judiciário. (Política A4)
Brasil e EUA definem nomes de monitores da Odebrecht
O MPF brasileiro e o Departamento de Justiça dos EUA definiram os profissionais que vão atuar como monitores independentes na Odebrecht. No Brasil, o acompanhamento das práticas da empresa será feito pelo advogado Otavio Yazbek. Nos EUA, por Charles Duross, ex-funcionário da Justiça do país. (Economia B9)
Mais brasileiros terão de fazer entrevista para visto (Internacional A8)

Novo rosto, mesmo sobrenome
Estreiam hoje no plenário da Câmara Municipal de São Paulo parentes de políticos com várias vitórias nas urnas. É o caso de Adriana Ramalho, filha do deputado estadual Ramalho da Construção. Os dois são do PSDB. Adriana, de 36 anos, chega ao primeiro mandato já como líder da bancada tucana. “Ele é a referência”, diz. (Metrópole A12)
Carlos Ayres Britto
Primeiro modo mais inteligente de ser é permanecer ético. Decente. Honesto (Espaço Aberto A2)
Notas&Informações
Mais que ajuste, moralização - Acumulação de restos a pagar, ano após ano, foi uma característica da administração petista (A3)

Prudente decisão (A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Crise amplia diferença de salário entre CLT e servidor
Funcionalismo registra alta de renda; desemprego atinge 12,3 mi de pessoas

A diferença de salário entre trabalhadores do setor público e do privado cresceu 7,6% no ano passado. Foi a maior alta desde 2012, inicio da série histórica da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), feita pelo IBGE. Enquanto em 2015 o funcionalismo ganhava em média R$ 3.152 — 593% mais do que um empregado com carteira assinada —, em 2016 essa distância passou para 63,8%. O salário de um servidor público cresceu 1,5% no período, e o de um celetista do setor privado encolheu 13%. Uma das razões é a estratégia, ampliada em tempos de recessão, de substituir parte da equipe por trabalhadores que ganham menos. Segundo análise de dados do Ministério do Trabalho feita pela Folha, novos contratados com carteira assinada recebem, em média, 21% menos do que os demitidos na mesma ocupação. A taxa de desemprego no país atingiu 12% no último quadrimestre de 2016 — cerca de 123 milhões de pessoas. Nos últimos dois anos, os empregadores, incluindo os que trabalham no próprio negócio, tiveram a maior perda salarial (6,1%). (Mercado pág. 1)
Governo faz cortes após deficit recorde de R$ 155,7 bilhões (Mercado a10)

Vitória é dada como certa no Senado, e PMDB mira comissão
Após ter encaminhado a eleição, que será realizada nesta quarta (1°), de Eunício Oliveira (CE) para a presidência do Senado, o PMDB mira a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante do Congresso. Caberá à CCJ sabatinar o indicado de Michel Temer para substituir Teori Zavascki no STF. (Poder A4)
Operador diz que repatriou propina de Eike a Cabral
O operador do mercado financeiro Renato Chebar disse à Lava Jato que repatriou propina paga pelo empresário Eike Batista ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral pelo programa de regularização de ativos no exterior. O programa não permite repatriar dinheiro sujo. (Poder A6)
Obter visto para os EUA fica mais difícil para os brasileiros (Mundo a9)

Pedro Parente
Brasil não deveria ter desapreço ao capital estrangeiro

A Petrobras foi alvo de polêmica por ter convocado só empresas “estrangeiras” para uma concorrência. Deveríamos estar empenhados em criar o ambiente para que o capital disponível no mundo venha para cá. (Opinião A3)
Editoriais
Leia “Biênio do desemprego”, acerca de eliminação de postos de trabalho, e “Para as câmeras”, sobre atuação do prefeito de São Paulo, João Doria. (Opinião a2)
------------------------------------------------------------------------------------

Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis cliente. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;

Gostou do Blog? Divulgue. Curta. Compartilhe. Colabore. Aproveite os preços baixos dos livros. AQUI Últimos livros Anunciados e AQUI Tabela de Preços Promocionais