O blog Antagonista publicou hoje uma notinha que chocou pelo preconceito e deselegância. Chamar uma região inteira do Brasil de “curral” de Lula, no entanto, é mais do que isso: é simplesmente estupidez.

No entanto, os próprios dados mostrados pelo post negam a realidade. Lula é muito forte no Nordeste, certo, mas os 17,6% no Sul e 17,5% no Sudeste não são índice de nenhum “enterrado”. Sobretudo porque são percentuais bem maiores do que de seus concorrentes.

Eu juntei, no gráfico abaixo, os percentuais de voto dos principais candidatos trazidos na pesquisa detalhadada CNT/MDA. Observe que Lula tem mais votos do que todos.




Entretanto, a característica mais interessante da pesquisa não é a divisão geográfica, que não traz novidades: Lula e Dilma ganharam as últimas eleições puxados por votações muito fortes no Nordeste.

A novidade está na desidratação do PSDB junto ao eleitorado de classe média. O recorte por renda da pesquisa CNT/MDA mostra que Lula lidera, com 20%, também entre quem ganha mais de 5 salários, mas que está empatado com Bolsonaro. Aécio Neves, por sua vez, caiu para apenas 7,7% quando se considera apenas eleitores com renda familiar acima de 5 salários. A diferença é que Bolsonaro é fraco junto à população mais pobre: seu percentual entre quem ganha menos de 2 salários cai para 6,7%, atrás de Aécio e Marina. .




Por fim, vale notar que Lula, na pesquisa de primeiro turno, tem quase a mesma quantidade que seus três adversários, somados! Além disso, há o fator dinâmico. Lula cresceu. Marina e Aécio caíram. Até Ciro Gomes caiu.

Além de Lula, o único que cresceu foi Bolsonaro. Mas eu queria muito ver um debate entre Lula e Bolsonaro na TV.

Lula jantaria Bolsonaro em dois tempos.



O Cafezinho
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: