Animal de espécie descoberta em 2015 foi encontrado na Austrália1

(FOTO: REPRODUÇÃO/YOUTUBE)

Pela primeira vez, imagens de um dragão marinho vermelho foram captadas em vídeo. O registro é visto como uma conquista para a ciência, já que a espécie só foi identificada em 2015 — até então, os animais eram confundidos com outros dois da mesma família, o dragão marinho comum e o dragão marinho folhado.

Os cientistas do Instituto Scripps de Oceanografia, nos Estados Unidos, descobriram a nova espécie sem querer, ao fazer análises genéticas de espécimes de dragões marinhos que foram mortos há mais de cem anos. Eles perceberam alguns dos animais foram classificados como dragões marinhos folhados, apesar de serem vermelhos e não terem apêndices como os animais dessa espécie.

Foi só em 2016 que eles conseguiram ver o animal em ação. Um equipamento foi colocado nas águas em torno do arquipélago de Recherche, na Austrália, e chegou a atingir 50 metros de profundidade para, depois dias de monitoramento, encontrar o dragão marinho vermelho. Com isso, os pesquisadores conseguiram captar um vídeo de 30 minutos de vídeo da criatura em sua rotina.

(FOTO: REPRODUÇÃO/YOUTUBE)

A partir das imagens, foi possível observar alguns detalhes da nova espécie. O principal deles é o fato de, ao contrário dos dragões marinhos comuns ou folhados, os vermelhos não possuem apêndices — características parecidas com folhas utilizadas para camuflagem. Segundo os cientistas, é provável que eles os tenham perdido durante a evolução e que sua própria cor já funcione como camuflagem nas águas profundas onde vivem.

Veja o vídeo divulgado pelos cientistas.



(Com informações do Business Insider e do The New York Times)



Galileu
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: