Depois do anúncio, ontem, do desmonte do Banco do Brasil, pela extinção  de 402 agências e a transformação de outras 379 em simples postos de atendimento, será a vez da Caixa.

Seu coveiro, digo, seu presidente, Gilberto Occhi – aquele, do PP, que pulou fora do Governo Dilma e ganhou o cargo e a “purificação – anunciou planos de fechar 100 agências e mandar embora 11 mil funcionários.

O problema, segundo ele, é a falta de dinheiro para fazer este massacre trabalhista.

Mas ele tem um plano: vai pegar dinheiro com o BNDES – o único banco de “desenvolvimento” do mundo que financia o desemprego – e privatizar as loterias!

Quer dizer: cada vez que você for lá na lotérica fazer sua fezinha vai estar ajudando a colocar alguém na rua, primeiro num programa de demissão incentivada, onde o cidadão segue a ilusão de que, em plena crise, vai ter sucesso com seu próprio negócio e, depois, caçando a laço os restantes a serem “executados”.

Vai mudar o slogan da empresa.

Passa a ser “Sai da Caixa você também”.

Tijolaço
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;