No dia 19 de outubro de 1813, chegava ao fim da Batalha das Nações, travada em Leipzig, atual Alemanha. Disputada entre o exército francês e os exércitos de Rússia, Prússia, Áustria e Suécia, a batalha terminou com a derrota do primeiro, de Napoleão Bonaparte, que viu sua hegemonia na Europa ser destruída. Foram três dias de confrontos, que envolveram 500 mil soldados (somando ambos os lados) e custaram a vida de 100 mil deles. Ou seja, quase um quinto dos soldados morreu na maior batalha da história da humanidade até então. Embora derrotado, Napoleão encontrou aberto o caminho para retirar-se em segurança para a França. Os Aliados, por sua vez, marcharam triunfantes em Paris, e o imperador foi obrigado a se exilar na ilha de Elba.





Imagem: Jacques-Louis David [Domínio público], via Wikimedia Commons




History
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: