Todos os jornais anunciam que Eduardo Cunha dedicava-se, nos últimos dias, a ditar o seu livro (caixa?) de memórias políticas.


A Folha assim o registra:

Em recente conversa com a Folha, Cunha disse que tinha mais de cem páginas prontas. Buscava um profissional para auxiliá-lo a formatar o texto e deixá-lo de modo publicável.
Para colocar suas “memórias” no papel, levantou agendas antigas de compromissos públicos e privados. Há meses vinha também esquadrinhando todas as doações que capitaneou para o PMDB, um levantamento que delegou ao corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, que acabou preso em julho.
Antes, porém, Funaro relatou a aliados que havia juntado “quilos de papéis”.

Assim como todos sabem – a começar por ele, Cunha – que Moro ia mandar prendê-lo, como mandou, ontem.

Então, não é crível que Eduardo Cunha não soubesse que, ao ser preso, não se faria uma busca e apreensão – como se fez – em sua casa e (bingo!) lá estariam os originais.

Se não estivessem lá, grampeado e monitorado como estava, saberão, com certeza, onde ou com quem estão.

Portanto, em “cognição sumária” – também posso, não é? -, é obvio que Cunha pôs nestas páginas aquilo que selecionou como “útil” a mandar recados a quem de direito, sejam os promotores ou os políticos.

E não mais que isso, claro. O que haveria a negociar já colocando o filé na bandeja?

Mas Cunha, na própria Folha, teria dito que os aperitivos seriam Moreira Franco e Rodrigo Maia.

Então, agora, além do vazamento seletivo e delação seletiva temos também a “confissão seletiva” de Eduardo Cunha.

Espera-se que o Dr. Sérgio Moro, tão pressuroso em divulgar as escutas dos telefonemas entre Lula e Dilma, em nome do direito de informação da “opinião pública”, libere imediatamente o acesso ao cento de páginas escritas ou ditadas por Cunha.

Já, agora, sem mais delongas. Como fez com a Presidenta.



TIJOLAÇO
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;