Todo mundo que tem acompanhado as notícias internacionais de 2016 sabe que os Estados Unidos estão passando por situação no mínimo bizarra na corrida presidencial deste ano, além de outros problemas estranhos, como o surto de palhaços circulando por várias cidades para assustar crianças e adultos.

Por isso, quando o animal símbolo dos EUA – a águia-careca – acabou presa no para-choque de um carro que circulava na Flórida, a fotografia da ave acabou virando uma metáfora para o que os EUA vêm enfrentando recentemente. O olhar da ave diz tudo.



A águia foi retirada do carro por uma equipe de resgate animal e foi enviada para um santuário de vida selvagem para se recuperar dos ferimentos leves para que possa voltar à natureza em breve.

Quem compartilhou a imagem no Facebook foi o xerife do condado de Clay. “Uma águia-careca voou na frente do carro de um cidadão e acabou ficando presa no para-choque. Equipes da delegacia do condado de Clay e do corpo de bombeiros resgataram a águia do para-choques. A ave está viva e foi enviada para o Santuário de vida selvagem B.E.A.K.S.. Parabéns a todos os envolvidos”, diz ele na postagem.

Será que os EUA também vão conseguir se desembaraçar das situações inusitadas em que estão presos? [Gizmodo]


HypeScience
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;