A Operação Lava Jato, via seus procuradores e Procuradoria-Geral da República, informou que os executivos da Odebrecht garantiram que a campanha de José Serra (PSDB-SP) à Presidência da República, em 2010, recebeu R$ 23 milhões da empreiteira via caixa dois.

Créditos: Imagem de Divulgação // O atual ministro José Serra


Segundo os executivos, durante uma reunião na sede da Polícia Federal de Curitiba, parte do dinheiro foi depositada em contas bancárias do exterior e o restante foi pago para o atual ministro, José Serra, aqui mesmo no Brasil.
 
A empreiteira Odebrecht ainda teria os recibos destes depósitos bancários, feitos para o Comitê Financeiro Nacional para Presidente da República de Serra, e disse que vai apresentá-los como prova. Os executivos garantem que o PSDB ainda distribuiu parte do dinheiro para outras candidaturas do partido.
Todo o valor deste caixa dois, se fosse atualizado pela inflação, totalizaria R$ 34,5 milhões.

Catraca Livre
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;