Em nota, Ministério alegou que a confusão não passou de um “erro” e que as 13 matérias do Ensino Médio serão mantidas


Nesta quinta-feira (22), o Ministério da Educação divulgou a reforma do Ensino Médio e causou grande alvoroço nas ruas e nas redes sociais. A medida previa o fim da obrigatoriedade de Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia nas grades curriculares do Ensino Médio, além de o aluno ter a possibilidade de optar pela sua área de interesse, de forma modular.

Entretanto, o secretário da Educação Básica no MEC, Rossieli Soares, afirmou, em entrevista ao Zero Hora, que assumiria o erro e que o texto divulgado não seria o texto correto. A versão publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (23) mantém as quatro matérias supracitadas em sua obrigatoriedade e coloca o foco da reforma no formato modular e de opção por áreas de interesse.

A nota divulgada pelo Ministério da Educação diz ainda que é certo que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) irá manter todas as 13 disciplinas do Ensino Médio, previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), como obrigatórias.

Foto: Mídia Ninja



Fórum
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;