A canoa vai virar!




Na Fel-lha:
A taxa de desemprego no país chegou a 11,8% no trimestre encerrado em agosto, informou nesta sexta (30) o IBGE.

Foi o pior resultado da série histórica da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), inciada em 2012, superando a marca do mês anterior em 0,6 ponto percentual.

A taxa veio levemente acima do centro de expectativa de analistas consultados pela agência internacional Bloomberg, que estimavam desemprego de 11,7%.

No trimestre encerrado em agosto, 12 milhões de pessoas procuravam emprego.

De acordo com o IBGE, foram 583 mil de pessoas a mais do que no trimestre anterior.

Na comparação com o mesmo período de 2015, o crescimento da taxa de desemprego foi de 36,6%, ou 3,2 milhões de pessoas.


Conversa Afiada
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: