Os turistas aprovaram os Jogos Olímpicos no Rio. Este é resultado da pesquisa do Ministério do Turismo, que revela que 87,7% dos turistas estrangeiros que vieram para a Olimpíada Rio 2016 têm intenção de voltar ao Brasil e 94,2% dos brasileiros gostariam de voltar ao Rio de Janeiro.


O estudo mostra o índice de satisfação dos turistas em segurança, transporte público, infraestrutura e preços.

Em coletiva à imprensa, o Presidente da Embratur — Empresa Brasileira de Turismo, Vinicius Lummertz ressaltou que entre os atrativos mais bem avaliados pelos turistas está a hospitalidade carioca, elogiada por 93,6% dos brasileiros e 96% dos turistas internacionais. A diversão noturna também agradou. Para 93,6% dos viajantes nacionais e 96,2% dos internacionais o Rio de Janeiro é muito bom ou bom neste quesito.

"Um povo muito acessível, muito aberto e muito disponível, o que cria o paradoxo de mesmo tendo uma dificuldade de idioma compensasse isso por um esforço de relacionamento cada vez mais raro, e aí eu falo agora como Embratur, no âmbito do turismo."

O Ministro Chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, chamou atenção para os resultados da pesquisa na questão da segurança, que teve avaliação positiva por mais de 88% dos turistas internacionais e 87% dos turistas brasileiros, contradizendo segundo o Ministro as expectativas dos pessimistas.

"Segurança? Rio de Janeiro ah, não vai ter Olimpíada na questão da segurança (ironizou o ministro). Vocês viram aqui a aprovação do nível de segurança pelo turista estrangeiro 88,6%, ou seja, 90% de aprovação."

A principal queixa dos turistas brasileiros dos alimentos nas arenas de competições. 22% dos visitantes consideraram os preços muito ruins. 28% ruim, 29% regular, e somente 18% consideraram os preços bons ou ótimos. Já 42% dos turistas estrangeiros também avaliaram de forma negativa os preços praticados em alimentos nas arenas.

Em média o turista brasileiro ficou dez dias no Rio de Janeiro e gastou cerca de R$ 340 por dia. O turista estrangeiro ficou quase 12 dias e gastou US$ 103 por dia.

A maior parte dos turistas estrangeiros vieram dos Estados Unidos, 21,2%, em segundo lugar está a Argentina, com 14,8% e em terceiro lugar a Inglaterra, com 4,8% dos turistas no Rio. Já entre os brasileiros, a maior parte dos turistas nacionais vieram da região Sudeste, 51,1%, seguido do Nordeste, 18,5% e a Região Sul, com 15,7% de visitantes no Rio.

Em relação a isenção de visto em caráter excepcional para a Olimpíada e Paralimpíada a pesquisa revela que foi usada por 74,7% dos turistas internacionais dos países beneficiados (EUA, Canadá, Japão e Austrália) e 82,2% deles afirmaram que a medida facilitaria um retorno ao Brasil.

No quesito transportes. Os aeroportos foram elogiados por 94,6% dos turistas estrangeiros e 91,6% dos brasileiros.

A pesquisa com os turistas nacionais foi desenvolvida pela GMR Inteligência & Pesquisa, que ouviu 4.150 pessoas de 03 a 16 de agosto nas arenas esportivas e Bouvelard Olímpico. O levantamento com os turistas internacionais, foi realizado pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (FIPE), que ouviu 1.262 estrangeiros nos aeroportos entre os dias 6 e 16 de agosto.


Sputnik News
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;