Lula participou, na terça, do lançamento da pré-candidatura de Fernando Mineiro em Natal. Ele lembrou que milhares de brasileiros aprenderam a viver de cabeça erguida


Ao participar do lançamento da pré-candidatura de Fernando Mineiro (PT) à prefeitura de Natal, na noite desta terça-feira (2), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que “há milhões de Lulas” no país, cidadãos que se tornaram conscientes para reivindicar seus direitos e lutar por uma vida mais digna.

“Não é o Lula que eles precisam temer; são esses milhões de Lulas; mulheres Lula e jovens, que aprenderam a viver de cabeça erguida”, afirmou, referindo-se aos políticos golpistas.

Em mais uma viagem pelo Nordeste, Lula manteve encontros com movimentos sociais, com lideranças da Frente Brasil Popular, com líderes políticos, como os ex-governadores do Ceará, Ciro e Cid Gomes, além de participar do lançamento de candidaturas municipais do PT. Na segunda (1), em Fortaleza, ele participou do lançamento da pré-candidatura de Luizianne Lins.

Em todos os atos, Lula ressaltou as conquistas obtidas pela população brasileira nos governos do PT – especialmente os mais pobres e os cidadãos do Nordeste. O ex-presidente está convocando a sociedade a se mobilizar contra o golpe doimpeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

“Usem o zap-zap para dizer aos senadores que este golpe representa roubar o voto de milhões de eleitores”, afirmou. Nesta quarta (3), Lula estará em Porto Seguro (BA).

“É importante não perder a noção do que está acontecendo, ter clareza do golpe parlamentar. Esta é a forma mais fácil de quem não tem voto chegar ao poder”, disse Lula.

Foto: Vlademir Alexandre

O ex-presidente reafirmou as conquistas alcançadas no país nos últimos 13 anos. “Era preciso provar pro Brasil e pro mundo que o nosso país só poderia ser melhor com alguém que o conhecesse realmente, que ouvisse as pessoas e fizesse palpitar o coração delas”, disse.

“Eu quis provar que o Nordeste não devia estar nos jornais só pela seca, pela mortalidade infantil, pela miséria. Fui aprendendo que era possível fazer diferente”, afirmou Lula. “Para salvar o Brasil, precisamos dar mais aos pobres”.

Lula disse que foi o presidente brasileiro que mais viajou e também que mais investiu em educação universitária. “Eu e a Dilma juntos fomos os que construímos mais escolas técnicas e demos mais oportunidades aos estudantes, como com o Pronatec, por exemplo”, lembrou.

Lula finalizou sua fala parabenizando a militância por ter tido a coragem de eleger a primeira presidenta do Brasil e disse que “a meninada que está chegando agora” tem nas mãos a chance de continuar fazendo o Brasil crescer.

“No dia que vocês negarem a política, vem o pior, como aconteceu com o nazismo e o fascismo”.

Lula esteve acompanhado do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Natal Fernando Mineiro e da senadora Fátima Bezerra. Também participaram da mesa o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas; a presidente da CUT/RN, Eliane Bandeira; o coordenador do MST/RN, Lucenilson Ângelo; o representante da CTB/RN, Alexander Brito, e o representante da FUP/RN, José Maria Rangel.

Foto: Vlademir Alexandre

Confira aqui o áudio completo.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações do site do Lula e de Fernando Mineiro

Partido dos Trabalhadores
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;