Cassio Cunha Lima tenta intimidar Dilma Rousseff

Por Romulus

Vejo a TV Senado. Entrevistado Cassio Cunha Lima. Repórter pergunta a expectativa para o Discurso de Dilma.

Cassio ameaça Dilma:

- É bom que ela tenha respeito pelo Senado! E que não insista em falar em “golpe”. Este processo ocorre por decisão do STF. E na Constituição está definido que também é crime de responsabilidade desrespeitar decisões judiciais. Então, se ela falar em golpe, será um novo crime de responsabilidade!

É mole?!

É um fanfarrão... sempre com a sua fala artificial e empolada de bacharel de província... de coronel da República Velha.

Menciona que haverá cinegrafistas levados pelo PT para filmar a fala, que será histórica sem sombra de dúvida.

Nada menos que uma nova carta-testamento de Vargas.

Com essa ameaça vã, Cassio e os seus buscam intimidar Dilma, temendo a denúncia clara da farsa, com o devido registro histórico.

Agora entra o Senador Magno Malta, o especialista na retórica híbrida de bar pé sujo com púlpito de igreja neo-pentecostal.

*

STF

Para falar apenas àqueles de quem se tinha alguma expectativa (como colocou Nassif outro dia):

- Parabéns Barroso, Lewandowski, Teori Zavaski... não tenham dúvidas: a última linha das suas biografias dirá que serviram de biombo para o golpe de 2016 – com menção expressa por Cássio e os seus!



GGN
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: