Olha para a frente e não vê nada


Não sei o que é pior: Temer dizer que age como efetivo apesar de saber que é interino ou os entrevistadores da Folha, diante desse absurdo, não manifestarem estranheza naentrevista publicada neste domingo.

É o encontro do interino sem noção com o jornal entorpecido.

Interino tem que agir como interino. Só pode agir como efetivo depois que for etetivado.

É um fato básico da civilização e da democracia, mas Temer e a Folha parecem não saber disso.

Ou pior: Temer sabe, mas se finge de morto já que ninguém lhe cobra nada.

Como um falso efetivo, ele tomada medidas para ajudá-lo a ser mais que um interino. Nomeia pessoas ligadas a senadores supostamente indecisos, como Romário.

É legítimo? É legal? É constitucional? É decente? Há um nome para isso: usurpação. Ou golpe.

Temer é um usurpador.

George Orwell, o grande autor britânico de 1984, defendia um conceito para a vida em sociedade: a decência básica. The common decency. Temer ofende a decência básica com seu comportamento.

Imagine que o impeachment não seja aprovado na votação decisiva. O que você faz com todas as coisas feitas por Temer indevidamente? Nomeações, medidas, estas coisas todas de que ele deveria se abster enquanto fosse provisório?

Demite todo mundo, revoga tudo?

É uma irresponsabilidade, além do mais. Temer já tem idade suficiente para saber disso.

O país sofre de uma doença, disse outro dia. Temerite. Temerite aguda, derivada de um mero interino que insensatamente age como se fosse dono de milhões de votos.

Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;