Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas mostra que a maioria da população brasileira reprova uma das principais propostas da equipe econômica do governo interino de Michel Temer: 60,8% se dizem contra o projeto de lei que retira a obrigatoriedade da Petrobras de participar da extração de petróleo da camada pré-sal; 31,7% são a favor; projeto de autoria de José Serra (PSDB-SP), que tem apoio de Temer e do presidente da Petrobras, Pedro Parente, já foi aprovado no Senado e o texto-base na Câmara; ainda segundo o levantamento, 62,4% disseram que a crise política que culminou com o afastamento da presidente Dilma Rouseff prejudicou a Olimpíada; 49,4% disseram não acreditar no sucesso da Rio 2016; instituto ouviu 2.020 pessoas de 158 municípios entre os dias 20 e 23 de julho




247 - Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta segunda-feira, 25, mostra que a maioria da população brasileira reprova uma das principais propostas da equipe econômica do governo interino de Michel Temer.

Questionados se concordam ou não com o projeto de abertura do petróleo do pré-sal para exploração por empresas estrangeiras, 60,8% disseram ser contrários à proposta. Outros 31,7% se dizem a favor da abertura do pré-sal, enquanto 7,6% não responderam.

O Projeto de Lei 4.567/16, que retira a obrigatoriedade da Petrobras de participar da extração de petróleo da camada pré-sal, é de autoria do atual ministro de Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), e já foi aprovado no Senado.

O texto-base da proposta também já foi aprovado na Câmara no início de julho, sob forte resistência da oposição ao governo interino. A pauta é defendida pelo novo presidente da Petrobras, nomeado pelo governo interino, Pedro Parente, em seu primeiro discurso na estatal.

Crise prejudicou Rio 2016

O Instituto Paraná Pesquisas também questionou sobre os Jogos Olímpicos Rio 2016. Segundo o levantamento, 62,4% dos entrevistados disseram que a crise política prejudicou as Olimpíadas. Outros 34,7% disseram que a crise não prejudicou, e 2,9% não responderam.

Questionados se acreditam no sucesso dos Jogos, 49,4% disseram que não acreditam, e outros 47,3% disseram acreditar no sucesso da competição. 3,3% não responderam.

A pesquisa ouviu 2.020 pessoas de 158 municípios entre os dias 20 e 23 de julho. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2% para mais ou para menos.




Brasil 24/7
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: