A tecnologia que deu origem à RoboGlove tem agora duas novas missões, desta vez com “as mãos bem assentes na Terra”: dar apoio em tarefas pesadas na indústria e ajudar pacientes a recuperarem em sessões de reabilitação física. 



A RoboGlove é uma luva robótica criada pela NASA e pela empresa norte-americana General Motors (GM) com o propósito de ajudar os astronautas a executarem reparações mecânicas e outras tarefas pesadas nas suas missões em plena Estação Espacial Internacional. Surge agora o anúncio de que a tecnologia que serve de base à RoboGlove foi licenciada à Bioservo Technologies, uma empresa sueca de tecnologia na área da saúde.

Os técnicos da Bioservo vão combinar o seu sistema SEM GloveTM (Soft Extra Muscle) com a RoboGlove tendo em vista a execução de tarefas mais “terráqueas” e nas áreas da indústria de manufactura e reabilitação médica. A GM será o primeiro cliente desta luva multiplicadora de força alimentada por baterias, testando-a nas suas fábricas de automóveis e outros componentes “pesados”. A Bioservo, por sua vez, irá fabricar o equipamento em série e comercializá-lo nos mercados da recuperação física assistida e outros que se baseiem em atividades que exijam força “sobre-humana”.

A RoboGlove inclui na sua estrutura sensores, ativadores e tendões mecânicos que se comparam aos nervos, músculos e tendões da mão humana – esta engenharia permite operar ferramentas pesadas fazendo menos força e esforço, o que pode fazer com que os trabalhadores se cansem menos nas suas tarefas fabris. A mesma lógica será aplicada na área da saúde, em que a RoboGlove poderá ajudar a recuperar de sintomas de fadiga decorrentes da repetição dessas mesmas tarefas mais exigentes.

“Estamos a combinar o melhor de três mundos – a tecnologia espacial da NASA, a engenharia da GM e a medtech da Bioservo – num equipamento que pode revolucionar a área da indústria de grande escala”, acredita Tomas Ward. O CEO da Bioservo Technologies afirma ainda que poderão existir diferentes "variáveis" desta luva motorizada, para ser adaptável a diferentes tamanhos de mão e a usos diversos.

Diz a GM que RoboGlove, desenvolvida em parceria com a NASA, esteve em atividade no espaço durante nove anos e foi parte integrante do robot humanoide Robonaut 2 (R2), que partiu em missão em 2011. A luva é tido no meio científico da robótica como um bom exemplo ao nível dos exosqueletos ligeiros.

Sapo Tek
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;