Um dos grupos mais famosos do hard rock nas últimas décadas, o Guns N' Roses, lançava no dia 21 de julho de 1987 o seu álbum de estreia, Appetite for Destruction, pela Geffen Records. O trabalho foi bem recebido pelo público e pela crítica, chegando ao topo das parada Billboard 200. Mais de 20 anos depois, em setembro de 2008, o álbum recebido 18 vezes o disco de platina pela RIAA (Associação da Indústria de Gravadoras dos EUA), tornando o disco o mais vendido da Geffen e o álbum de estreia norte-americano de maior sucesso de vendas.

A capa do álbum é uma cruz, com crânios dos cinco membros da banda (projetado por Billy White Jr., originalmente como uma tatuagem), cada uma representando um membro da banda: Izzy Stradlin (guitarra), parte superior; Steven Adler (bateria), esquerda; Axl Rose (vocal), centro; Duff McKagan (baixo), direito; e Slash (guitarra), inferior. A capa original deveria ser uma pintura de Robert Williams, em que havia um estuprador robótico prestes a ser punido por um vingador de metal. A capa foi trocada para a versão da cruz depois que varejistas de música se recusaram a estocar o álbum. Porém, em alguns países, entre eles o Brasil, o trabalho original foi mantido.

Após este álbum, o Guns conquistou sucesso e fama mundial de verdadeiros rock stars com trabalhos como Use Your Illusion I e Use Your Illusion II, além de performances avassaladoras de Axl Rose. Conflitos e desentendimentos fizeram com que membros abandonassem o grupo, restando apenas Axl, que ficou conhecido por seu temperamento difícil.



Imagem: Delusion23 [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Hoje na História
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário:

0 comments:

-Os comentários reproduzidos não refletem necessariamente a linha editorial do blog
-São impublicáveis acusações de carácter criminal, insultos, linguagem grosseira ou difamatória, violações da vida privada, incitações ao ódio ou à violência, ou que preconizem violações dos direitos humanos;
-São intoleráveis comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos, assim como comentários de tom extremista, violento ou de qualquer forma ofensivo em questões de etnia, nacionalidade, identidade, religião, filiação política ou partidária, clube, idade, género, preferências sexuais, incapacidade ou doença;
-É inaceitável conteúdo comercial, publicitário (Compre Bicicletas ZZZ), partidário ou propagandístico (Vota Partido XXX!);
-Os comentários não podem incluir moradas, endereços de e-mail ou números de telefone;
-Não são permitidos comentários repetidos, quer estes sejam escritos no mesmo artigo ou em artigos diferentes;
-Os comentários devem visar o tema do artigo em que são submetidos. Os comentários “fora de tópico” não serão publicados;