Pesquisadores da Faculdade de Medicina Geisel da Universidade de Dartmouth determinaram que um parasita virulento, encontrado nas fezes de gatos, pode conter a cura universal para o câncer.


Felinos, incluindo gatos domésticos, são as únicas espécies que contêm nas suas fezes o parasita toxoplasma gondii. Este parasita é altamente perigoso, e pode causar várias doenças, incluindo a toxoplasmose e esquizofrenia.
No entanto, recentes descobertas, publicadas no jornal científico PLOS Genetics, indicaram que o parasita T. gondii poderia ser eficaz no tratamento do câncer.

Os cientistas descobriram que as proteínas, segregadas pelo parasita, facilitam o sistema imunológico na destruição de células cancerosas do ovário. O câncer de ovário, normalmente, não pode ser diagnosticado em um estágio inicial, diminuindo drasticamente as chances de recuperação. O câncer de ovário é a quinta forma mais fatal da doença entre as mulheres americanas, tirando a vida de mais da metade de suas vítimas.
As proteínas do parasita poderiam "revelar mecanismos fundamentais imunes à infecção e também poderiam identificar <…> terapias mais eficazes contra tumores sólidos altamente agressivos" – explica David Bzik, professor de microbiologia e imunologia.
O parasita T. gondii provou ser eficaz não somente no tratamento de tumores no ovário, mas também no tratamento de tecidos cancerosos na mama, rins, fígado e pulmões.

Sputniknews
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: