Lista tem clássicos do cinema mundial como os ótimos Vida de Cachorro, com Charles Chaplin, e Frankenweenie, de Tim Burton

por Publieditorial


Se assim como a gente você ama os animais de paixão, especialmente os cachorros, provavelmente já assistiu ou, ouviu falar sobre algumas das produções listadas a baixo. Mas com certeza não conhece todos. Isso porque nós somos o Catraca Livre, e honrando a nossa missão de descobrir o melhor da cena cultural fomos lá no fundo do baú, lá naquele buraquinho onde nem mesmo o seu pet já mais foi, para resgatar produções que hoje são consideradas alternativas e que representam o lado b dos filmes e animações sobre cães.

Confira!


A Gangue dos Dobermans (1972)


Lançado em 1972, este filme norte-americano fez muito sucesso na década de 1980 quando foi exibido inúmeras vezes no SBT. Trata-se de uma produção de baixo orçamento, com elenco praticamente desconhecido, mas que mesmo assim teve um relativo sucesso. A Gangue dos Dobermans retrata um período onde os cães dessa raça eram, de maneira equivocada, considerados de temperamento naturalmente agressivo.

Vida de Cachorro (1918)


Este é um clássico do cinema mundial estrelado por ninguém menos do que Charles Chaplin. No filme, que traça um paralelo entre a vida de um vagabundo e a de um cachorro, Chaplin interpreta o personagem do vagabundo. De maneira cômica o curta-metragem mostra a afetuosa cumplicidade de ambos, ora um sendo o salvador, ora sendo salvo pelo outro.

A Caverna do Cachorro Amarelo (2005)


Essa produção alemã dirigida por Byambasuren Davaa fala da amizade entre um cão e uma garotinha de uma família nômade. Filmado na Mongólia, o premiado A Caverna do Cachorro Amarelo retrata uma família real (de não atores) que decidiu viver de forma diferente, sem o conforto da modernidade.

The Plague Dogs (1982)


The Plague Dogs é uma animação norte-americana que mistura drama e aventura. Protagonizada pelos cães Rowf e Snitter, o filme conta a história desses dois cachorros que, ao fugirem de um laboratório que realizava cruéis experimentos em animais, se veem obrigados a viver como selvagens. Num primeiro momento Rowf e Snitter são ajudados por uma raposa, contudo, quando as ovelhas de uma fazenda local começam a desaparecer a dupla passa a chamar a atenção e acaba sendo caçada.

Amigos para sempre, 1995


Sucesso das sessões da tarde da rede Globo, o filme conta a história dos inseparáveis amigos Angus e seu cachorro Yellow, que ficam perdidos na mata depois de um passeio a barco malsucedido. Feito com muito realismo, suspense e surpreendentes efeitos especiais, Amigos para sempre é uma aventura para toda a família.

Frankenweenie, 1984


Dirigido pelo genial Tim Burton, Frankenweenie é um curta-metragem que conta a história de um garoto chamado Victor, que amava seu cãozinho Sparky. Um belo dia, enquanto brincavam na rua o cão é atropelado. Após muito tempo chorando e sofrendo pela morte do animal, o menino decide ler livros sobre como trazer alguém de volta a vida, e acaba achando o livro do Frankenstein. A partir daí o garoto tenta reviver seu cão. Uma curiosidade, Tim Burton foi demitido da Disney por gastar o dinheiro da companhia justamente em filmes como este, considerado muito assustador para a família. Porém, isso não impediu que a Disney o lançasse, embora censurado, em VHS depois de Burton ficar famoso.

Dani – Um cachorro muito vivo, 1979


Dani – Um cachorro muito vivo é uma produção nacional que não fez muito sucesso quando foi lançado, em 1979. O filme se passa em Angra dos Reis, litoral do Estado do Rio de Janeiro e conta a história de Dani, o cachorrinho de estimação do menino Alex.

Durante um passeio de barco com a família Dani acaba caindo no mar e se afastando da embarcação. Depois de muito procurarem pelo animal, Alex e seus pais retornam a terra firme com a convicção de que o cachorro morreu, versão esta, porém, jamais aceita por Alex. Poucas semanas depois, de volta a Angra dos Reis com a família, e após passarem por momentos difíceis, Alex e Dani se reencontram.


Catraca Livre
Axact

Ronaldo

Blogueiro e livreiro, reproduzo as notícias que considero interessante para os amigos e disponíbilizo meu acervo de livros para possíveis clientes. Boa leitura e boas compras.

Poste aqui o seu comentário: